Jato de plasma

Curso de Jato de Plasma

O que é?

O desenvolvimento e evolução de diferentes tipos de plasmas elétricos, possibilitou a sua aplicação no
campo dermatofuncional, principalmente no tratamento de diversos problemas cutâneos como melanoses
solares, escaras, feridas vasculares, verrugas, queloides, cicatrizes de acne, além de ajudar na remoção de
tatuagens, tratar estrias, promover um lifting facial, resurfacing de pálpebras entre mais de 30 indicações.
O tratamento consiste em uma tecnologia não laser, que usa um dispositivo para fornecer energia em forma
de plasma – fluxo elétrons que conduz a diversas reações nos tecidos – ao invés de luz ou radiofrequência
para regenerar a pele.
A energia entregue, produz uma ação de aquecimento na superfície da epiderme, que renova o estrato
córneo (camada mais superficial da pele) e as células mais profundas, promovendo assim uma regeneração
do colágeno (colanogênese), responsável pela firmeza cutânea e rejuvenescimento da pele. O
procedimento não é invasivo e o próprio plasma possui ação bactericida e esterilizante, tomando-o
extremamente seguro e eficaz.

Indicações Clínicas

1. Xantelasma
2. Siringomas
3. Melanoses solares
4. Extrações na limpeza de pele
5. Púrpura senil
6. Remoção de tatuagens ou Micropigmentação
7. Hiperplasias sebáceas
8. Milium
9. Queratoses seborreicas
10. Hemangioma rubi
11. Telangectasia
12. Úlceras de decúbito, escaras
13. Neves verrucoso
14. Leucodermia puntata solar
15. Verrugas
16. Cicatrizes hipertróficas
17. Estrias
18. Acnes, cicatrizes de acnes
19. Pitiríase versicolor ou micose de pele (fungo de praia)
20. Queratoses actínicas
21. Resurfacing de pálpebras
22. Lifting facial
23. Lifting de papada
24. Remodelagem nasal
25. Flacidez lobolo auricular
26. Fechamento orifício de piercings e brincos
27. Flacidez interno de coxa
28. Flacidez superior de joelhos e cotovelos
29. Flacidez glúteos
30. Estética íntima
31. Dores articulares

Conteúdo Programático

• Introdução
• História do plasma
• Definição do plasma
• Principais diferenças entre eletrocautério x plasma
• Mecanismos de ação
• Dispositivos plasmáticos
• Sublimação
• Sistema tegumentar
• Indicações clínicas (30 indicações com protocolos)
• Biossegurança
• Técnicas de aplicação
• Reações indesejadas (intercorrências)
•Tratamentos nas intercorrências
• Contra-indicações
• Histologia do plasma
• Gráficos
• Resultados
• Protocolos em cada objetivo (passo a passo)
• Home Care (cuidados em casa)
• Conclusão
• Referencias
• Anexo:
– Termo de consentimento
– Ficha de Avaliação
– Modelo Home Care
– Artigos
– Video

Compartilhe com seus amigos

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest
Fechar Menu
×

Carrinho

Abrir WhatsApp
1
Olá precisando de ajuda?
Olá podemos te ajudar?
Clique no BOTÃO ABAIXO